sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Poesia Popular

Aprendi a cantar sem professor,
com a graça de Deus eu sou completo.
Você vem me chamar de analfabeto,
exibindo o diploma de doutor!
No congresso que eu for competidor,
vou ganhar de você de dez a zero.
Seu doutor eu vou ser muito sincero,
se eu deixar de cantar não sou feliz.
Ser poeta eu sou porque Deus quis,
ser doutor não sou porque não quero!

Santana O Cantador

Resolvi publicar este poema porque embora simples, ele diz muito. Fala basicamente do respeito entre as pessoas e principalmente demonstra que as diferenças de classe, instrução e financeiras nada significam diante da vocação que Deus deu a cada um. Este texto levou-me a uma reflexão, e decidi compartilhar cada palavra dessas com vocês! PENSEM!

19 comentários:

Márcio Daniel Ramos disse...

pensei...
gostei do poema, porem acho um pouco de presunção dele diser que não é doutor porque não quer. mais é tambem uma crítca sobre política, mesmo não trasendo nenhuma ideia nova..

Luifel disse...

Cara, gostei da subversividade do poema!

Fala também de que a gente escolhe o nosso caminho, que num é porque não se é doutor, rico, endinheirado que não se é feliz...me fez pensar muito!

Abção!

*Raíssa disse...

Legal o poema. Tem dom que vale mais que muito diploma por aí.

Beijos

Elis disse...

lindo..muito bem colocado esse poema seu...
tava falando disso hj as pessoas e suasprojeções socias...

olhe um xerooo...aparece lá no quase viu..srs!

KaKa Fuinha disse...

Tem dom que vale mais que muito diploma por aí. [2]

gostei, bem simples...

:D

Camilla disse...

Existem coisas tão pequenas, terrenas e fúteis diante da imensidão e da eternidade. Dom não se mede com um diploma. Assim como não se mede aquilo que Deus faz por nós.

=)

Olirum disse...

Falou e disse, todos somos iguais perante Deus!
Adoro os seus textos e se vc recomenda um poema tinha que ser bom né?
kopaskpaskopaoks

bom fds

biazinha disse...

E quem nunca ouviu falar de compositotes ou poetas analfabetos? Isso é um dom!
Agradeço a visita e eirei linká-lo tbm!

Beijinho.

 Fabíola Weykamp disse...

Muito verdade esse poema. De nada adiante ter um diploma em mãos se aquilo que se é de verdade vale mais que um simples papel. E sem contar que muitas coisas aprendemos durante essa caminhada, mas o que verdadeiramente nos impulsiona para seguir em frente é o Dom que todos nós temos. Só que uns aproveitam, outros não...

Saudades daqui. Desculpe a minha ausência, sempre que posso dou uma espiada aqui.
Abraços!
Adoro ter ler...

Ariana disse...

Pensei e gostei mto!
Pra mim a educação e o respeito de uma pessoa vale mais que um diplomaa!

Beijo

Camilla disse...

Acho que esses poemas populares dizem muito mais do que aqueles refinados.

Adorei!! E muito obrigada mesmo pelo carinho...

Beijos

Naay disse...

Realmente incrivel o poema.
adorei mesmo :D
beijos :*

Nadezhda disse...

Um diploma pode fazer uam pessoa muito feliz sim. Mas o importante é ela azer aquilo que se sente bem e acreditar naquilo que gosta ;)

Danielle Alexa disse...

Adorei o poema!!
Muito legal mesmo..
;*

"O Autor", disse...

Aprendi a escrever pensando.

Mandy disse...

Lindo poema! ótimo para refletir msm, pois algumas pessoas se acham melhor q outras por ser de uma classe social melhor... Isso é ridículo!

Que bom q gostou do meu texto amore, mas é uma grande verdade, pq se a gente cair temos q nos erguer, pois a vida continua!!!

BjO.

paula barros disse...

Essa sua postagem me fez refletir também. Do respeito as diferanças individuais, culturais, de inteligência. Hoje nas escolas já se tenta descobrir talentos, as pessoas não são iguais e não tem que se enquadrar em determinados padrões.
abraços, muito bom.

Tatah Marley's Confissões disse...

MA RA VI LHO SOOOOOO!
Sem comentários meu bem, disse tudo com esse poema aí.
beeeijo grande!
:@

SOC. DOS POETAS DE ARARIPE disse...

Vc foi muito feliz ao postar essa décima simplesmente linda...

parabens,

Acácio Silva