domingo, 17 de agosto de 2008

Ao Meu Amor

Por que este longo caminho a percorrer? Bem que as coisas poderiam ser mais simples... vejo seus olhos tão distantes, mas ainda assim tão perto, percebo como eles brilham ao reconhecer que por algumas vezes consegui te fazer feliz, e ainda assim, não tenho o direito de apreciá-los de perto, tocá-los, senti-los! Não é que isso doa em mim, porque o amor verdadeiro parece nunca doer. Mas ele traz uma saudade colossal que parece engolir todos os meus maiores desejos e levar embora a minha força. Sou como uma flor que precisa do sol para sobreviver, e como um dia eu disse, você é meu sol.

Disseram-me que amor que traz dependência, não é amor. Disseram-me também que eu transformo sonhos em utopias, e que virei especialista nisso. Disseram-me ainda que eu busco minha felicidade num lugar distante ou em outra pessoa simplesmente por não ter sido capaz de encontrá-la dentro mim. E eu respondo que deixem-me... deixem-me acreditar que posso ser feliz dessa forma! Permitam que eu sonhe e que lute para realizar este sonho, mesmo que para muitos não passe de loucura ou utopia, afinal, quando eu chorei, ninguém veio aqui enxugar minhas lágrimas.

Fico impressionado com a capacidade que as pessoas têm de menosprezar os sentimentos alheios, e pior, de proferir gigantescos clichês para falar de coisas que sequer entendem. Não julgo o amor que alguém sente, por mais maluco que ele possa me parecer.

Aprendi a respeitar meu coração, e dentro dos meus sentimentos ele é o senhor dos senhores. Um dia ele começou a bater mais forte e fez com que eu renovasse minhas esperanças de mais uma vez encontrar a minha plena alegria de viver. E agora, não importa o que dizem, se é loucura ou não, se é utopia ou não, se é ilusão ou mesmo se não é amor.

O que importa, para mim e para você, é que embora distantes, sabemos o que sentimos e o quanto tudo isso é bonito. Se é impossível, deixemos que o tempo diga. Eu sigo lutando, todos os dias da minha vida, e enquanto tiver forças, para te ter aqui, e este sentimento que Deus plantou dentro de nós com certeza tem uma razão de ser, e apenas Ele pode julgar que razão é essa. De resto, são humanos como nós, errôneos como nós, apenas com um defeito a mais: tentam fantasiar a felicidade dos outros por não serem capazes de entendê-la!

Portanto deixemos que falem. Quem atira pedras é porque as tem nas mãos, e nós, meu amor, sabemos que temos as mãos limpas para poder tocar no rosto um do outro e explicitar finalmente a alegria que temos em poder sentir o que sentimos... poucos têm esse privilégio, e poucos podem amar, com ou sem dependência, com ou sem distância, com ou sem loucura.

Nosso momento vai chegar, e estamos cada vez mais fortes.
Te amo!

21 comentários:

Carol disse...

Eu disse que a inspiração ia voltar!

Lindo...

Beijo

biazinha disse...

Eu não tenho teoria sobre o amor, mas penso que ele é uma contrução que se faz passo a passo, e percebo que as pessoas confundem muito amor com paixão.
Torço pro lance de vcs dar certo.
E viva o amor!

Beijos.

Camila disse...

Vini... estou chorando aqui!
Parece demais com a minha história e de meu amor.
Entretanto acho que meu final não será feliz!
Boa sorte!
Beijo

Negâ disse...

Que inspiração, vi seu comentário no blog Quase 3.0, achei lindo sensível. Maravilhos pots sensível, acolhedor, deu até pra sentir o amor de vocês...
:D
Beijoss

disse...

Uiaaaa o amor sempre tráz a inspiração de volta!
adorei o texto!

Camilla disse...

Eu penso assim também.
Nosso coração é o único que sabe exatamente o que sentimos e ele deve ser ainda mais respeitado...

E é, se é impossível, só o tempo irá dizer!!

Beijos

Beautiful Stranger disse...

ao 'meu amor', tanta simbologia 'real' em sinceras palavras...

;)

http://strangerbeautiful.blogspot.com/

mail-msn-orkut: bs_live@live.com

Olirum disse...

Amor é algo indecifrável!!! Só sabemos que quando o amor chega, é muito bom!

Olirum disse...

tem presente pra vc no meu blog, no post "sem graça"

Tatah Marley's Confissões disse...

Tá pra nascer o dia que eu vou ler uma coisa tão linda assim.
Meus olhos encheram d'agua sabe.
Espero mesmo que tudo de certo pros dois! >/
E que apesar da distancia voces possam um dia se encontrar e viver em fim uma historia de amor.
>))))
e sim meu bem, mudei.. nao aguento ficar mais de uns dois meses com o mesmo layout nao.. enjoo facil dessas coisas. \õ/

beeijo grande! ;*

T disse...

não consigo dizer nada além de:
NOSSA!
:O
foda!!

Mariana disse...

Olha.. faz tempo que nao conversamos... e fiquei bem impressionada com seu texto... e me parece muito com coisas que eu diria....

lindo..
beijos

Nadezhda disse...

Muito bonito!

(Foi uma das coisas mais bonitas que já li aqui).

;)

Flávia Fabri Cesário disse...

Vini!!! Que lindo!!!
Somente quem sente sabe o que e amar!!
Comentarios e julgamentos sempre haverao... o importante e nao levar em consideracao e viver da forma que lhe traz felicidade!!!
Beijao!!

paula barros disse...

Vinicius
Senti na pele o que seu texto fala.
Se seu coração se sente aquecido, batendo acelerado é o que vale. Na vida temos que nos sentir vivo, vibrando.
Você bem descreve o que as pessoas falam, e muitos não entendem esse tipo de sentimento.
Você escreve de uma forma que parece uma conversa, chego a escutar sua voz. rsrs
Curta o seu momento.
abraços

''[G]ü[R]ÿ disse...

oi vinicius.. bom, acho q (pelo menos por mim ) já nao é a primeira vez q venho aki, nem q comento, mas certamente é a primeira vez q pao pra pensar e refletir e ver a maravilha q vc escreveu.. acho q o amor, como vc citou no texto, não deve ser julgado, por mais louco q o seja. Enfim.. achei interessante isso. E tb gosto de vir aki e ver o qnto de inspiração vc tem pra escrever coisas tão bonitas..
e qndo eu li, post anterior, q vc tava sem inspiração.. foi como eu ja comentei ainda hj num blog q nao lembro o nome (visitei mtos hj): coisa mais normal isso.. sempre há de vir um momento em que o poço seca (como vc mencionou) mas como a carol disse acima (1º coment) A inspiração sempre volta!!!!

alohaaa..
e se puder, visite minhas insanidades no blog tb..
alohaa

Beatriz disse...

Adoro cartas de amor! E esta tua, além de uma delicada declaração de afeto à tua amada, vem nos mostrar que o mundo dos apaixonados está para muito além de qualquer crítica, de qualquer opinião contrária aos sentimentos e emoções sentidos por aquele que coloca no relacionamento toda a delicadeza de seu coração, toda a sensibilidade da sua alma. Acredito também que o verdadeiro amor quer ter a liberdade de se expressar da melhor forma que lhe aprouver, e deve mesmo fechar os ouvidos àqueles que, por motivos de incompreensão e intolerância, querem tirar a naturalidade do seu brilho.

Que te chegue logo esse momento tão esperado, e que possas junto do teu amor fazer brotar as emoções mais ternas, um no coração do outro, e juntos possam viver os sonhos já acalentados e fazer nascer outros para iluminar o horizonte de suas vidas.

Deixo flores nos teus caminhos, estrelas no teu olhar, sorrisos na tua alma, junto de um beijo no coração!

Nunca é tarde para ser feliz! disse...

Que lindo post!!!
É possível sentir suas palavras!!! Parabéns!!!

Tatah Marley's Confissões disse...

Amo meeesmo. E a cada dia que passa tenho mais certeza do carinho por ti! (L)~

KaKa Fuinha disse...

aiai
tô ate meio sem graça de ter lido algo tão pessoal...
:D

tomara ki ela tenha lido... ou vc num mostra esses textos pra ela?

Luifel disse...

Cara,

Realmente é impressionante essa carta!

O amor realmente faz coisas que não acreditamos que ele possa fazer, faz e pronto, e transforma e cria, e diviniza tudo.

Abção!