segunda-feira, 20 de julho de 2009

Apenas um Dia Normal

Milhares de pessoas caminham pelas ruas. O trânsito intenso do início da manhã torna o barulho quase que insuportável, e ao mesmo tempo imperceptível, já que as pessoas estão concentradas demais em suas próprias mentes, dramas e problemas, e assim, incapazes de ver, ouvir ou sentir qualquer coisa que fosse exterior a isso.

Nos bancos, o movimento aumenta com o passar das horas. Muita gente buscando empréstimos, pagando duplicatas, sacando dinheiro para pagar a escola dos filhos, tentando receber a feliz e bem vinda verba do Bolsa Família. Nos hospitais, mais doentes são socorridos, outros morrem nas imensas filas postadas nos corredores com cheiro de formol e de gente! Outras muitas pessoas vagam pelas ruas em busca de uma placa com anúncio de "contrata-se", desesperadamente lamentando por não estarem naquele mesmo instante no banco pagando as contas, já que não há dinheiro para isso... há também os que passam o tempo jogando conversa fora, a falar mal do governo, dos patrões, dos empregados e até de quem não tem nada a ser dito.

Nos becos, os jovens se drogam, se matam, se roubam e se beijam. Vários bancos de escolas encontram-se neste momento vazios, vários livros continuam nas estantes, várias revistas nas prateleiras das bancas de jornais. Enquanto isso, as pessoas seguem morrendo nas filas dos hospitais, pagando contas (muitas vezes indevidas), se drogando, se matando, fofocando, se beijando ou procurando emprego.

Mas ninguém se importa, afinal, é apenas mais um dia normal.

26 comentários:

Camilla disse...

Ah amor, era o texto que eu ia escrever hoje. Seu chato, tirou as palavras do meu teclado...rs.

Ficou ótimo!

Beijos, TE AMO!

Camila disse...

Que bacana o que você escreveu, e realmente todo dia é sempre um dia normal... Mas nós nunca sabemos o que nos espera no meio do dia, no inicio mesmo ou no fim.

Bjo

Ariana disse...

Com certeza hoje é so mais um dia normal!
Bela crônica!
Ah! Feliz dia do amigo pra ti!

bjo

Patrícia disse...

Passando apenas para dizer FELIZ DIA DO AMIGO!!!
Beijão

lis disse...

ahh que texto legal.. isso mesmo no dia e assim com suas caracteristicas cotidianos sempre andando em volto a algo melhor... ou sei lá..né... eu tento viver cada dia da melhor maneira que me cabe... srs xero garoto!

Ran Omelete disse...

Louvados sejam os dias normais. Sem eles, os homens que não acreditam em Deus ficariam loucos, pois não teriam onde repousar o espírito.

E, afinal, estar atento a todas essas coisas não adianta de nada: uma pessoa pode ficar reparando em tudo isso, mas em vez de fazer algo que preste, de tudo isso escrever apenas um texto pueril. O importante é agir, e para isso basta ter reparado em todas essas coisas uma vez, para depois, no momento oportuno, deliberar uma forma de alterar as tintas desse triste quadro que é a realidade.

Blá, blá, blá, e coisa e tal. Continue a reclamar. Eu também continuarei.

Esse é o caminho do rei!

Camilla disse...

Ai senhor! As pessoas deviam prestar mais atenção à ideia das postagens antes de sair comentando...

"uma pessoa pode ficar reparando em tudo isso, mas em vez de fazer algo que preste, de tudo isso escrever apenas um texto pueril"

A ideia do texto é justamente CRITICAR a nossa falta de ação com relação a todos os acontecimentos que já se tornaram comuns aos nossos olhos. E fazer um texto "pueril", é UMA das formas de colocar pra fora toda nossa indignação com tamanha falta de ação no nosso mundo.

Naty disse...

O normal é realmente muito abstrato!
Ótimo texto!

^^

Ni ... disse...

Dias comuns que agita nossa vida e nos impulsiona a felicidade...

Texto perfeito...

Beijo e mais beijos...

Gilbamar disse...

Muito interessante sua maneira criativa de escrever, tanto que essa crônica tem aquele sabor dos bons vinhos degustados ao pé da lareira.

Poético abraço.

Gilbamar(conheça também meu blog dedicado à literatura de cordel:

http://cantodomeucordel.blogspot.com/)

Marina Melow disse...

Oi Vinícius..percebi que passou um bom tempo longe daqui mesmo...não esqueci de você não. Hahaha!
Muito bom o seu texto, nos faz refletir.
Infelizmente esse é o cotidiano, mas às vezes enquanto eu to no ônibus eu vou olhando a paisagem ao meu redor e vou refletindo...


beijos.

Daniel disse...

Já bem diz Milton Nascimento, "todos os dias é um vai-e-vem, a vida se repete na estação". Todos os dias, a vida se repete... Para uns gloriosa, para outros chata, para tantos sem esperanças, e para outros... Religião é uma tema recorrente em meus blogs. Sempre faço algum tipo de comentário sobre este assunto. Que bom que tenha gostado do meu blog, pois também gostei do seu e também irei lhe lickar. Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

Manu disse...

Olá! Estou passando p/ retribuir a visita no meu blog. Agradeço por ter passado lá e deixado seu comentário!^^
Gostei da forma como escreve. Adicionei seu endereço nos meus blogs favoritos. Estarei aqui mais vezes ok?

Abraços!

Lu disse...

Olá, Vinícius!!! Obrigada pela visita ao meu vivaagora.blogspot.com, e, principalmente, pelas palavras incentivadoras e carinhosas. A Camilla me parece uma menina de sorte, por ter encontrado um cara de tanta sensibilidade como você! Seus textos misturam comportamento, dia-a-dia, a poesia. Afinal, até na normalidade dos dias há poesia, só que poucos de nós percebemos isso, né? Também vou linkar seu blog ao meu, ok? Felicidades sempre! Abração!!!

FABIANA BORGIA disse...

É verdade. Os dias normais acabam sendo mais perigosos, porque os acontecimentos passam despercebidos.
Também gostei muito do seu blog. Parabéns! Abraço.

¤÷(`[♥ Andréia Ferrim ♥]´)÷¤ disse...

Obrigado!
Seu blog tambem é maravilhoso.

Bjos

KaKa Fuinha disse...

hoje o dia num eh normal!!! eu li seu blog depois de tanto tempo de ausencia sua e minha

xD

Fernanda disse...

Gostei do que vc escreveu...
é engraçado como TUDO esta passando a ser normal!
estamos nos acostumando com td q acontece!
é... triste!
adoreia visita! volte semrpre!
um abraço!

Ingrith disse...

Tô aqui retribuindo a visita... depois eu volto pra ler, agora to enrolada, pra variar, rsrs

Renan Leal disse...

Poxa, obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário! Voltarei aqui também!

Igor Isídio disse...

Vinícius!
Sempre bom te ver por aqui!

Tou passando pra te dizer que foi publicado o edital de um concurso de contos e poesia, promovido pelo governo da PB. Você muito provavelmente já deve estar por dentro, mas, de qualquer forma, tá aí o link.

http://www.paraiba.pb.gov.br/images/stories/Editais_2008/edital_%2002_270509.pdf

Lembrei dos teus bons textos... talvez interesse!
Abraço!

Fernanda disse...

Obrigada pelo comentário!!!
^^
volte sempre!
Um abraço!
Bom fim de semana!!!!

Italo Lemos disse...

É infelizmente esse é o ciclo vicoso da vida! E o pior é que não há nada que a gente possa fazer. Afinal precisamos fazer tudo o que foi descriminado no texto! Parabéns pelo post!

Naay disse...

Vinicius.. quanto tempo mesmo ein!
nunca mais tinha visto vc pelo meu blog ^^
mas que bom que esta de volta!
belissimo texto, como sempre ne ;D
volte sempre, bjo

Jeeh disse...

Olá meu querido amigo Vinícius,
tava com uma saudade de vir aqui, fico feliz que esteja de volta, nos presenteando com mais um belo texto ;}
Adorei o texto, é uma boa crítica, apesar de parecer alarmante para alguns, todas essas situações se tornaram tão comuns aos nossos olhos que simplesmente nem reparamos nelas, é apenas um dia normal, como todos os outros!
Obrigada pela força de sempre lá no meu blog.
Adoro você, Ví ♥
beijos.

Lemos, Fernanda. disse...

' Um dia feliz as vezes é muito raro ! '

parabéns pela postagem ;*