segunda-feira, 21 de abril de 2008

(Des)Controle Musical

Eis a obra prima:



Não vale mais chorar por ele, ele jamais te amou (jamais te amou)
Você sofreu,você chorou, ele nem te ligou

Quantas vezes vi você na solidão,
chorando, sofrendo, era só desilusão
quem ama protege, faz tudo pelo amor
seu coração está sofrendo por falta de amor
ele não te quis, não soube ser feliz
quando percebeu já era tarde demais
é como cristal quebrado que não cola jamais
ele tinha o seu amor, não soube dar valor
agora ele chora por falta do seu calor
por isso estou aqui pra conquistar o seu amor


Ontem estava eu, inocentemente no meu local de trabalho, quando algum idiota parou um carro, abriu o porta mala, e colocou um som com 1 milhão de decibéis a mais que o permitido, tocando por 456 vezes seguidas o desastre musical acima transcrito. Como se não bastasse fazer dos meus ouvidos vasos sanitários, eles ainda poluíam minha visão ao empolgarem-se dançando bêbados no meio da rua. Simplesmente grotesco, ainda mais num fim de tarde de Domingo! Pois é, o Bonde do Maluco é a nova sensação musical do Brasil. Uma imperfeita mistura de Harmonia do Samba com um pseudo Gabriel O Pensador que já é a nova febre musical nacional, e põe febre nisso! Febre delirante, de no mínimo 80 graus! Cada vez eu entendo menos o motivo pelo qual as piores "músicas" atingem o auge do sucesso, pois basta ler essa letra e perceber a incrível capacidade que as pessoas parecem ter para fazer o que não presta, e eu sinceramente já estou achando que é de propósito! Rimas paupérrimas e repetidas, entonação de voz que mais parece um gato leproso e faminto miando, e letra deprimente. Que Deus salve a nossa boa música, porque nossos tímpanos estão sendo cada vez mais castigados.

8 comentários:

KaKa Fuinha disse...

mais uma perola da linhagem do créu

Camilla disse...

Ah... Vini, falou tudo. Esse povo pensa que meu ouvido é penico. Credo! Ontem fui no site de letras do terra, e no top músicas, em primeiro lugar está nada mais e nada menos que o CRÉU. Não consigo entender. Esse povo não tem nada na cabeça não. Mas deixa... enquanto eles poluem suas mentes com coisas idiotas... nós nos destacamos dessa massa confusa e anônima. É isso aí!

Bjão Vini.

 Fabíola Weykamp disse...

Acredito que nem seja culpa somente da letra. Há fatores que diminuem as músicas. Como por exemplo, o ritmo,o tempo de duração, o conjunto em si que toca, canta e dança. Tendo uma mulher de polpas de fora, podes ter certeza que a música faz o maior sucesso.

Essa que postaste, pelo menos a letra não é da piores. Lembra do créu, pegue-o como exemplo,e saberás que não é tão ruim assim.

Mas imagina, em pleno domingo de trabalho, essa musiquinha tocando a todo volume, com uns dançarinos alcoolizados fazendo número. hahahaha É de se lamentar, mesmo. Indignação!

Beiijos!

P.s.: Obrigada pelos comentários, fico muito feliz em os ler. Obrigada mesmo!!!!

Teresa disse...

Sabe o que mais me irrita nessas letras? São as construções e o vocabulário absolutamente previsível...

Aquela do dicionário do amor, por exemplo, tocava todo dia no ônibus que eu pegava pra ir pra facul. Péssimoooo.
A de amor
B de beijo
C de calor
D de deseeeeejo kkkkkkkkk

pelamordedeus!
Salvem música brasileira!

Flávia Fabri Cesário disse...

Ai!
Ninguém merece! Enquanto a mídia alimentar a sociedade e a sociedade alimenta a mídia. Isso não vai acabar.
Mas, está mudando! Acredite! O processo é lento e gradativo, mas muda sim.
Ano passado, fui ao show da cantora canadense Diana Krall. Quando cheguei ao parque villa-lobos fiquei espantada com a quantidade de pessoas que se deslocaram em um domingo de manhã para assistir um show de JAZZ. No Brasil! Parecia mentira! Claro, haviam os sem-noção. Mas a maioria conheciam as letras, se comportaram e fizeram daquele, um dos festivais mais bonitos que a cidade já teve.
Beijos!

Rodrigo Fernandes disse...

ahaha, ótima sua descriçao do fato, já passei tbm por situações parecidas com a merda do Creu...ahhaha...
isso é a nossa cultura.. o povão cada vez mais alienado, considerando qualquer coisa como artistas e cantores... acho uma ofensa chamar de cantor um mc créu por exemplo... mas pelo menos são coisas passageiras... iu alguem se lembra de calypso, carrapicho, tapinha não doi, tchans e companias limitadas... o problema é que smepre inventam uma nova pra ocupar o lugar com rapidez, e assim vai indo...

Ah, qtos aos vários blogs que eu possuo, ehhee, cara, fique a vontade em comentar naquele que masi lhe agrada, o de Cinema: twentysomething é o que mais atualizo com frequecia e tbm é nele que aviso sobre as atualizações dos demais blog...

abraços!!!

letícia * disse...

aimeudeus!

isso me mata de raiva. sempre tem um engraçadinho que faz a mesma coisa na rua de trás da minha faculdade. as janelas da minha sala são privilegiadas pela trilha sonora...!



bjo***

Anônimo disse...

vcs são um bando de mal amados...rsrsrs... Ai o que basta é criticar tudo na vida!!!
se acham os certinhos donos do mundo, e tudo que não for do jeitos de vcs, vcs criticam...
Saibam que tudo certinho enjoá...
E que gosto é igual a ..., cada um tem o seu!!!!kkkkkkkkkkkkkk