domingo, 27 de setembro de 2009

Quando Formos Velhinhos

Quero sentar ao seu lado, em frente a nossa casa, e simplesmente conversar! Falar do nosso passado, da linda família que construímos, dos sonhos que realizamos, e daqueles que porventura não tenhamos conseguido concretizar. Eu quero sorrir para você pela manhã, olhar o nosso jardim florido, dar um beijinho inocente e pedir o meu café da manhã, apreciando a brisa suave que entra pela janela da sala, coisa que talvez nunca tenhamos feito em nossas vidas tão corridas.

Não há nada mais lindo que envelhecer, meu amor, por isso, não tenha medo. Nada é mais belo que dois velhinhos que compartilham de seus momentos durante vários anos, que se conhecem como se tivessem durante a vida inteira sido um só. É maravilhoso receber os filhos e os netos para o almoço do Domingo, conceder a benção a todos eles, colocar o netinho caçula no colo e contar-lhe estórias que talvez não coincidam com a sua realidade, mas que com certeza ele ouvirá atentamente, porque nada á mais prazeroso que ouvir um velhinho falando.

Quero sorrir meu sorriso cansado, lutar contra a dor de um corpo que não mais responde da mesma forma, deitar ás seis da tarde e acordar às cinco da manhã com o canto dos pássaros. Quero ajudá-la a levantar da cama, vê-la cuidando das nossas flores, assistindo ao jornal da tarde, e reclamando da nossa aposentadoria.

Envelhecer é uma dádiva, meu amor. É um presente divino do qual poucos terão o privilégio de usufruir. Quero te amar ao longo dos próximos 70 anos, pelo menos, porque nada é mais lindo que o amor eterno... este amor que nos fará ficar velhinhos, cansados, felizes!

9 comentários:

Ni ... disse...

Este é o tipo de amor que também luto para viver...

O amor que se torna cada vez mais vivo ao longo dos anos...

Beijo

Camilla disse...

Que lindo, meu amor.
Quero estar ao seu lado "forevermente".
E quando tivermos bem velhinhos, vou falar: "Ô meu véi, tô cuma dor nas juuuntas!"

Meu poeta lindo.
Amo você!

Cαmilα ♥ disse...

Por isso sempre falo que devemos nos casar com alguem que amamos conversar.
(L)

Lindo demais o post, Vini.
Um beijO
:***

Luifel disse...

É, todos desejam e buscam um amor assim... Que o amor de vcs se fortaleça durante os anos, cada dia mais e mais!

Abçao!

Fernanda Pereira disse...

Vinícius, seu sem graça...Me debulhei em lágrimas e tive que ir lavar o rosto antes de conseguir comentar.

Conseguiu traduzir a essência irreal e (quase) indescritível do amor, tão longe do que as pessoas sentem hj em dia...

Envelhecer no amor é mesmo uma dádiva...

;)

T disse...

ooounnn
its so cute!
eu sempre me imagino velhinha e tals, mas confesso ter um pouco de medo do futuro. :(
bjs Vi

Heloísa Vilela disse...

Nossa, Vinicius, que texto lindo.
Juro que fiquei até emocionada.
Acho que envelhecer é bom se a gente está com quem nos ama.

Meus parabéns,
um beijo.

ligia disse...

Que lindo,Amei...

Raquel disse...

Ui que bonito,até encheu meus olhos de lagrima, deu até para ir la para frente e imaginar como será aqui em casa, se bem que eu digo sempre para meu marido que não quero ficar velha, enfim depois de ler seu escrito, olha... até que não parece tão má idéia ;)