sábado, 28 de junho de 2008

Mutante


“Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa, tudo sempre passará...”

(Lulu Santos)


Eu sou um mutante, muito prazer! Percorro selvas, desertos, dias e horas a transformar, e desafio as leis da natureza quando elas não são capazes de mudar a essência dos meus desejos mais gritantes, para que eles se transformem nas lágrimas de felicidade silenciosa daqueles que alcançaram. E vou mudando, meu “eu”, meus dias, minhas noites e meus sentimentos. Nada mais me assusta a não ser a possibilidade surreal de mais uma vez reprimir-me diante dos meus sustos, dos meus medos. Este impassível e indecifrável olhar que muitas vezes transformo em lágrimas nada mais significa a não ser a perfeita expressão da minha constante necessidade de ser mutante num mundo em que as mudanças são como mares revoltos os quais ninguém quer enfrentar. Esquecem-se, no entanto, de que as marés também mudam, e apesar de traiçoeiras, elas transfiguram a vida em sua forma mais plena – esta também traiçoeira – através do seu vai-vem eterno.

Quero mudar sempre, pois os ventos que sopram sem parar trazem o futuro desconhecido, porém recheado de doces esperanças, enquanto a mesmice remete-me a um passado talvez doloroso, ou não. A dúvida sempre irá percorrer meus pensamentos, mas fará com que minha incansável busca pelo melhor torne-se mais incansável ainda, embora esta busca possa me levar à escuridão. Sim, eu fujo da dor. Mas quando ela mostra-se presente, mudo-a também, e transformo-a em aprendizados numa desesperada tentativa de aprender um pouco mais a senti-la outra vez, e então mesmo ao conviver com tal infortúnio, encontrar a felicidade. Meus instintos mutantes clamam pelo novo, e hei de reconhecer que não sei viver sem atendê-los, e para mim, isto sim é ser feliz. Se esta felicidade da qual tanto falo e a qual tanto busco estiver presa aos meus sonhos, eu mudarei, para que ela sinta também o gosto da liberdade mesmo que este seja amargo, pois seja qual gosto tenha, liberdade é sempre liberdade.

Mudo porque estou vivo, e enquanto minha carne puder se mover, mudarei, pois meu espírito anseia pelo novo, mesmo que este não seja o melhor. Querer parar o tempo e acomodar-se com as conveniências de um refrescante lago no meio do deserto é essencialmente dar chances para que venha o maior dos leões e nos abocanhe. É preciso beber da água que faz reviver, lavar o rosto e seguir em frente, enfrentando mais uma vez todos os obstáculos, o sol escaldante e a garganta seca, rumo ao horizonte que abriga aquele futuro desconhecido, mas que precisa acontecer, porque assim dá-se o rumo desta nobre arte a qual chamamos de viver, e assim, como mutante, desejo todos os dias que a minha inércia quando vier seja eterna e de olhos fechados, para que eu não possa enxergar a vida a passar diante de mim e sentir-me impotente perante ela.

31 comentários:

Nadezhda disse...

Eu mudo sempre. Esses dias estava lendo meus posts antigos, e já não concordo mais com o que está escrito.
É preciso se abrir para as mudanças, para poder evoluir. Se a mudança não for boa, pelo menos aprendemos com os erros.

;)

Di disse...

É, mudanças podem ser muito boas.

"Tudo muda o tempo todo no mundo..."

Victor Moraes, disse...

é um dom poder se adaptar aos perigos na selva da vida.
mudar as habilidades, a face.
mudar. mudar.

outro dia postei no meu blog: "Não mudamos até que mudem a gente."

Mariana disse...

Mudanças sao sempre necessárias!!!

Sempree!! A gente pensa que pouca coisa muda em um dia.. mas ao olhar para trás... veja o quanto as coisas já nao tem a mesma forma..


tb estava com saudades de estar por aqui..;; beijos

Luifel disse...

É mudar é algo q sempre acontece comigo, o que eu era hoje amanhã já não sou mais, mas isso é muito bom sabe...a gte sempre cresce nisso kra!

Abç

Nina Ferreira disse...

Lindo texto,moço.
Você devia considerar a idéia de sugerir uma coluna pra algum jornal local.
Você tem potencial.

Abraço!

Patrícia disse...

Acho as mudanças necessaria...
A vida seria muito chata se fosse sempre tudo igual!

Beijinhos

OBS: Infelizmente o texto tem tudo haver comigo, minha historia! :(

*Raíssa disse...

Mudar, além de necessário, é sempre bom. Não gosto da mesmice, gosto do novo e do diferente. A dor faz parte. Cabe a nós saber lidar com ela, driblá-la e fazer com que ela nos leve ao crescimento pessoal.

Texto muito bem escrito! Parabéns!

Beijos

T disse...

EU PRECISO MUDAR!
muito...

Jeeh disse...

Oi vi, tanto tempo ein?!
saudades de vir aqui no seu cantinho, eu andava um pouco sumida desses negocios de blog sabe, mais ja volteei e de feriias, que tudo nao é?! rs
Concordo com voce, mudar é sempre bom =D Como diz a musica: tudo passa, tudo sempre passará,' ate esses momentos confusos da vida que voce me falou no msn. Fazendo sucesso ein?! rs
desculpa pelo comentario sem sentindo, mais sabii's que te adoro.
beeijo

F. disse...

Eu sou um camaleão sem culpa de trocar de pele e cor ;)

Adorei o texto. Acabei me identificando com muitas coisas nele.

Beijão!

camila disse...

Mudar é sinal de adaptação!
E isso é bom! Apesar de estranho quando a mudança é drástica e muito rápida!
Adorei o post!
Beijo
=)

"Você muda... o mundo muda."

Nanita disse...

É bom mudar, mas mudar por necessidade propria não por causa de terceiros. :) Adorei o texto! Beijos :*

Tudo ou nada ... disse...

Mudar é sempre muito bom, mas somente quando é para melhor e quando é por que queremos mudar. Nunca, nunca mude por que alguém quer.
Abraços

Camilinha disse...

hahahahahha
VC FALOU DE MUTANTE E EU LEMBREI DA PARADA GAY! hahahahahha
Um emissora de televisão foi lá e eu nao me lembro qual disse que os transformistas eram mutantes!
hahahahaha

(*não que vc seja que nem eles mas e que eu lembrei)
xD

Drêycka disse...

Uow!

Eu costumo dizer que vivo mudando, sem deixar de ser eu mesma...

:)

bju

Camilla disse...

Eu admiro os mutantes.
Gostaria de poder mudar também, mas sou muito apegada às velhas coisas...

Beijos

Dani disse...

Tu escreveu esse texto pra mim foi? rs
Bjim e apareça ;)

Zek disse...

Mutante é a essencia do ser humano... talves do universo ja que tudo está em constante mutação!!

PS: O selo foi legal.. mas digamos que alguns comentários que recebi lá.. inclusive o seu em post anteriores valem muito mais...

Abração!!

:: Daniel :: disse...

Se ser mutante é estar passível das metamorfoses que a vida nos obriga (às vezes nos apresenta também), eu posso dizer de carteirinha que carrego comigo várias formas, vários avatares diferentes. E me contradigo porque sou muitos mesmo, não
tem jeito.. rs

Abração!

Patrícia disse...

Kkkkkk é melhor mesmo nem comentar o Meme... To morrendo de vergonha de ter publicado... :)
Beijos

Idylla disse...

Pois eh BAiano tem fama de festeiro, mas na verdade trabalham muito, apenas sabem s divertir, huahuahuahuahuahuahua
beijoss e amei seu post!!

Camilinha disse...

MAS O QUE EU POSSO FAZER SE EU LEMBREI DA PARADA GAY???
hahahahahhahah
SORRY!
=]

òtima terça pra voce!

Camilinha disse...

Aaaaaa será que aquela coca é fanta?!
adfhdsofhpdosaiur

Beatriz disse...

As mudanças são sempre benéficas, não só as empreendidas por uma vontade própria, como também aquelas que a vida se encarrega de colocar nos nossos caminhos.

Gostei do teu texto, amigo, que mostra maturidade, equilíbrio, sensatez, e o espírito arrojado do jovem que quer definir e conquistar seu lugar no mundo, que quer 'viver' a vida e não apenas passar por ela. Parabéns por tuas convicções tão bem expostas nesta postagem tão prazerosa de se ler.

Deixo sorrisos e estrelas para enfeitar o teu dia, um beijo no coração, e flores para adornar tua semana.

Mandy disse...

Que texto lindo!!! Me identifiquei um pouco com ele... Vivo em constantes mudanças tbm e tbm fujo da dor...

Mas é muito bom mudar, às vezes é tudo do q pecisamos!

BjO.

Humana disse...

Olá Vinicius,
gostei muito do teu texto e concordo plenamente contigo.
O gosto da liberdade, o desejo da mudança..nada pára no universo e como tal tb nós estamos em constante mutação, não é?
Parabéns e felicidades!

Nina Ferreira disse...

Não foi de todo sem sentido, eu confesso. Foi algo que fiz exigindo um pouco de reflexão do leitor.

=)

mundo a fora disse...

tem um selinho pra ti no MUNDO A FORA, passa lá tá.

até amanhã

bjoka

- renata disse...

"Eu prefiro ser, essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"

Mudar é preciso sempre, não por alguém, mas por nós mesmos, a cada dia que passa nos adaptamos as situações que antes nem existiam, e querendo ou não, a mudança chega pra todo mundo.
Adorei o post :)
Beijo ;*

Camilla disse...

Mudar é preciso. O mundo exige isso de nós, mas muitos permanecem inertes, por isso sofrem tanto, não são capazes de adaptar com as mudanças. Mutante eu sempre fui, desde o dia que nasci, em todos os termos. Muitas vezes ser mutante é interpretado pelos "normais" como se tranformar no incrível HUCK, ser uma verdadeira aberração. Mas eles não sabem que enquanto eles riem de nós por sermos distintos, nós rimos deles por serem tão iguais.

Beijo Vini.