segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Há 1 Ano Atrás


Eu não vou falar das pessoas que estão incomodadas com a minha felicidade. Não vou usar de ironias, de meio-termos, de conjecturas com as quais não me assemelho. Hoje eu quero falar apenas de um sentimento que de fato, me faz viver, sem me importar se ele causa inveja a alguém, o que, infelizmente, me parece ser uma verdade consumada, mas realmente, isso não me interessa.

No dia 7 de dezembro de 2008, ainda sob uma imensurável dor de uma grande perda, vi a mais linda estrela do céu brilhar sobre minha vida. Deu-se num corredor de uma faculdade da capital federal. Quando nossos olhares se cruzaram, foi como se toda a minha vida, com suas dores e alegrias, tivesse se justificado ali, naquele momento, somente através daquele olhar. Entendi, enfim, o que é o amor.

Duas vidas que se cruzaram ao "acaso" do destino, e passaram a ser uma só. Foge-me à compreensão o motivo pelo qual isso às vezes se torna tão difícil de aceitar para algumas pessoas que simplesmente assistem a vida dos outros, e esquecem de ser felizes vivendo as suas próprias vidas. No dia que eu a encontrei, aprendi também a viver a NOSSA vida, que é apenas nossa, a qual ninguém pode julgar, e a qual ninguém deve interferir.

Naquele dia eu aprendi que o amor é muito mais do que desejo, afeição ou concordância de ideal. No momento em que puder descrever o que senti naquele corredor de faculdade, certamente não estarei mais em minha sã consciência. Foi simplesmente mágico, como o tem sido desde aquele maravilhoso domingo. Um sentimento construído dia após dia, lágrima após lágrima, sorriso após sorriso. Tudo baseado em compreensão, bom senso, amizade e companheirismo, pois somente através dessas premissas se pode viver um amor de verdade, e quem não ama não vive, limitando-se a tentar entender o sentimento alheio, o que é pequeno demais.

Hoje faz um ano... e eu posso dizer que jamais, em toda minha vida, fui tão feliz! Reconheço que trata-se apenas de um começo, de um projeto que está em pleno andamento para um futuro de sonhos e acima de tudo de realidades, porque temos pautado toda a nossa vida na construção, tijolo por tijolo, desse maravilhoso futuro que nos espera. Eu a vejo enxugando minhas lágrimas quando elas insistem em cair, a vejo chorando junto comigo, vivendo minha dor, e com um simples sorriso e poucas palavras, levando tudo que é de mau embora, e trazendo-me a singela e divina paz de sua companhia. Entendo isso muito mais do que como um simples toque de percepção, porque eu a conheço por dentro, compreendo cada anseio do seu lindo coraçãozinho, e busco sempre, a todo momento, dividir cada um deles com você, e vivê-los também, porque creio que somente assim pode-se criar a cumplicidade tão necessária para um amor verdadeiro como o nosso.

É verdade, isso incomoda. Mas que assim seja... quando ninguém mais falar sobre a gente, significa que não estamos fazendo mais nada de certo. As pessoas vivem num mundo tão pequeno, que quando presenciam algo de grandioso torturam-se, e como um contra-ataque, menosprezam. Mas como bem sabemos, não importa. O que existe dentro de nós, ninguém muda, nem com palavras, nem com ações. Sinto-me orgulhoso de mim mesmo por ter sido capaz de dar alguns passos em sua direção, e ao olhar para trás e analisar o presente, percebo que Deus me guiou para o caminho mais feliz, que é, e sempre será, ao seu lado.

Por fim, não tenho como traduzir o imenso amor que sinto por você, e que cresce, e cresce, e cresce a cada dia, infinitamente. Neste primeiro aniversário de namoro, quero apenas deixar a minha gratidão por cada lágrima, cada beijo, cada sorriso, cada discussão, cada angústia, cada alegria e cada dor. Tudo isso faz parte de um contexto que somente quem ama de verdade pode compreeder, e este, definitivamente, é o nosso caso. Muito obrigado, meu amor, simplesmente por existir, e por me passar a certeza de que os obstáculos e as críticas, por mais que venham, jamais serão sufucientes para nos desestabilizar, tanto em razão como em emoção. Descobri que tudo isso apenas nos fortalece. Deixemos as justificativas, as filosofias baratas, as pseudo-teorias, e todos os ademais que insistem em profetizar os inquietos e desprovidos de amor - seja próprio ou pelo próximo - de lado, e sigamos concentrados em viver o nosso sonho, que é somente nosso, e que se faz mais realidade a cada dia que se passa, desde aquele maravilhoso 7 de dezembro de 2008.

Deixem que gritem, eu prefiro falar baixinho, no seu ouvido, mais uma vez: EU TE AMO!


"Fundamental é mesmo o amor,

é impossível ser feliz sozinho!"

7 comentários:

Camilla disse...

Não há o que comentar. Há um ano atrás eu deixei de ser eu, para transformar em nós! Eu te amo, sempre!

Isa** disse...

Me sinto uma intrusa aqui, tentando tomar pra mim um pedacinho desse sentimento tão grande expresso em palavras tão lindas! Só queria dizer que vcs estão mudando a imagem que eu tenho do amor e de relacionamentos no geral. Ver um casal como vcs me faz acreditar que isso existe mesmo! =) Parabéns, meninos! Que esse amor cresça cada vez mais! Desejo muita, mas muita felicidade mesmo aos dois. E que esse seja o primeiro de muitos anos juntos! =D

Bjoooo!!!!!

\o

# Gabriela disse...

O amor :) Está tão lindo, sabes?
E eu que julgava que rapazes assim já não haviam entre nós.

Bruninha disse...

Vini...

Muito obrigada pelas palavras, ei eu sofri muitoo por amor, mas ainda acredito no amor e quero muito encontrar meu grande amor. Muito obrigada por está sempre me acompanhando, espero q eu esteja retribuíndo o carinho. Te espero sempre no meu carinho.
E sabe o que eu quero te falar hoje?!

Que você é abençoado por sentir algo tão lindo, por sentir um amor tão puro e sincero e por ser recíproco, belíssimas palavras, VOCÊ me fez acreditar que ainda se é possível acreditar nas pessoas, no amor. Parabéns pela sua namorada por ter vc do lado dela e vice versa... Deus abençõe VCS, estarei sempre por aqui torcendo por vc e os os invejosos que se danem.. Por que a inveja é assim... Uns nascem pra SENTIR e outros nascem pra CAUSAR. Deus abençõe,. bjus

Lara Amaral disse...

Não pude ler tudo, pois estou apressada, mas pelos primeiros parágrafos já pude perceber a linda mensagem.

Linda declaração! O verdadeiro sentimento deve sempre ser propagado. Não os conheço, mas desejo muitas felicidades para o casal. Namoro há 5 anos e sei como é importante a cumplicidade, a confiança, a amizade num relacionamento.

Beijos e "cuide bem do seu amor".

Mila disse...

Que liiindo *-*
Parabéns, e que sejam felizes por muitos outros anos! :D

Camila disse...

liindoo *-*