quarta-feira, 14 de maio de 2008

Um Dia


Um dia,
Meu sorriso voltará a brilhar
Meus olhinhos se cerrarão de felicidade
Um dia, de novo

Se porventura a desilusão assolar meu destino,
Meu coração saberá esperar
Porque apenas a verdade pode trilhar o caminho de meus sonhos,
E a verdade está em ti
De novo

Porque um dia fomos felizes
Porque eu vi a paz naquele sorriso
Eu vi o amor naqueles olhos
Sem precisar de espelhos
Sem precisar de incertezas
Sem precisar de receios

Não, não acabou
Simplesmente adormeceu
E como um gigante que acorda ainda mais vívido de felicidade
Aqueles dias voltarão
Porque eles nunca deixaram de estar presentes

E quando voltar ao teu regaço de sossego
Quando voltar ao teu abraço que me afaga
Saberei construir a eternidade
E te amar
Um dia
De novo.

2 comentários:

Flávia Fabri Cesário disse...

Que triste! Essa espera atormenta tanto!
Beijos!

 Fabíola Weykamp disse...

Nossa Vinícius, que beleza de combinações e sentido. Sentimento transcrito em cada linha que desenvolve uma esperança que muitas vezes achamos que não a temos mais conosco.
Muito envolvente!