sexta-feira, 4 de junho de 2010

Quando tudo está perdido...

... é exatamente neste momento que percebemos que na verdade, nada está perdido. Porque a partir do momento que julgarmos a vida de tal forma, merecemos, na verdade, deixar de viver, e que assim seja.

Difícil, de fato é! Porrada por cima de porrada, dificuldades surgindo a todo momento, e nesses momentos parece que o pior dos seus medos se manifesta de forma impiedosa e fatal. Mas fatal seria para qualquer um, não para mim, porque apesar de tudo, eu ainda sei sonhar. Ainda enxergo a luz, ainda acredito na minha capacidade de superar, vencer, lutar, cair, levantar e ainda assim, conseguir seguir. Posso até não estar sorrindo, afinal, sou extremamente sensível, e não tenho vergonha de falar que choro MESMO. Mas talvez seja isso que faz com que minhas forças se renovem.

Eu não vou perder tudo o que eu conquistei com tanta luta... não vou descer, jogar fora todos os projetos de vida que, embora ousados, são reais, e dependem unicamente de mim. Se passei um dia inteiro de rosto inchado, com as lágrimas incessantes, e com a cabeça atordoada, eu sei que o dia seguinte vai trazer um novo sol, um novo desafio, e que este desafio existe exatamente para ser vencido por minha própria força, que acreditem, não é pouca.

Apanhei muito da vida, muito mesmo. Tive uma infância instável psicologicamente, nunca fui de conquistar muitas amizades, minha adolescência não foi das mais felizes, e ainda tive que superar a perda de todas as pessoas que eu mais amo. O golpe foi muito duro, mas eu ainda tive forças, mesmo que para chorar, e para estar aqui, agora, escrevendo estas palavras nesse blog que ninguém mais lê. Não estou preocupado.

Não, ainda não é minha despedida. Tudo bem, amanhã levantarei, e seguirei minha rotina, com Deus ao meu lado, e com o espírito de vencedor, mesmo que esta vitória esteja demorando demais a vir... eu ainda me amo, e eu ainda te amo!

2 comentários:

Juliana. disse...

Uai Vinicius pensei q tivesse excluído teu espaço..mais vc mudou apenas o endereço neh! Que bom, estou passando rapidinho, mais voltarei com mais tempo pra ler..o que perdi..rss
Um abraço

ligia disse...

tb pensei q vc tivesse excluído teu espaço...mais q bom q encontrei!noticias!!! (karla)